• Rafaelle Pessoa

Popeye X Olívia


Somos seres humanos cada um com as suas particularidades. Alguns nasceram para ser altos e magros independente da quantidade de ingestão calórica diária, enquanto outros, sempre terão que ingerir menos calorias se quiserem alcançar um shape mais fitness. Entramos aí numa antiga discussão da influência da mídia sobre a forma como as pessoas se veem e também os exemplos que são divulgados como modelos de referência nas mídias, e que muitas vezes representam uma minoria da população. No mundo fitness a tendência é de corpos cada vez mais definidos. Com os ventres musculosos desenhados e veias salientes. Mas há um alto preço a ser pago por aqueles que almejam tal realidade.


Por mais que os treinos sejam intensos e estimulem progressivamente o aperfeiçoamento fisiológico de cada um. A população no geral não tem acompanhado fisiologicamente a evolução dos treinamentos, devido ao fator mais importante de todos, a base da pirâmide do crossfit: a nutrição.


Essa base é composta pelo tripé de alimentação, descanso, e do estímulo de treino. Quando em conjunto e bem orientados, independente da fase da vida e da idade do indivíduo, com certeza o praticante encontrará ótimos resultados. Porém, qualquer uma dessas bases desequilibrada também irá gerar déficit em outras, ocasionando em lesões, doenças, disfunções hormonais, entre tantas outras coisas.


Mas afinal de contas o crossfit emagrece ou não?


Essa é a pergunta do século!!


Hoje fisiologicamente todos os métodos, de todos os boxes, irão gerar um estímulo interno indiscutivelmente alto, independente das cargas externas ou da capacidade do atleta/aluno. Devido ao grande estresse metabólico ocasionado pela amplitude e pelo constante estímulo variado e integrado. Na metodologia do crossfit a maioria dos praticantes irá alcançar um corpo leve e forte acompanhando as capacidades individuais e as características fisiológicas inerentes ao praticante. Ou seja, se você nasceu para ser Olívia jamais chegará ao Popeye de forma natural!


Nosso corpo tem uma estrutura individualizada e que segue um padrão, e ele com certeza lutará por esse padrão genético a fim de manter você o mais saudável possível dentro das ferramentas que você oferece para seu sistema fisiológico. Ou seja, tudo depende de como é a sua alimentação e de qual é a qualidade do seu descanso. Uma pessoa pode sim aumentar drasticamente seu peso na balança e mudar toda a sua composição fisiológica, mas para isso ela terá de ter muita disciplina e provavelmente fazer uso de substâncias anabólicas. Já uma pessoa que tem facilidade em ganhar peso com certeza terá facilidade também em tornear e ter volume na massa muscular, se assimilando ao Popeye diferentemente do caso anterior, que podemos satirizar como Olívia. A metodologia do crossfit vem estimular e incentivar corpos leves e fortes. O que vai ocasionar em um visual definido que chamamos de musculoso mesmo que seja muito magro, enquanto outros ganham um pouco mais de volume. Essa questão da busca pelo corpo leve e forte quando feito através do prazer e da liberdade de uma prática constante para melhorar a saúde, trará ao praticante o seu melhor corpo na sua melhor versão!


Então o que fica é que para conseguirmos construir um corpo fitness depois de anos de sedentarismo e de uma rotina estressante e corrida é: precisamos manter a constância, regularidade de nos treinos, na alimentação e no controle do estresse através do descanso e de ferramentas como a gene do sono e a meditação.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo